Menu Fechar

Compartilhe via:

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Desafios de desenvolver novos softwares: Quais são os principais e como driblá-los?

4 min de leitura
Carol Rahnig
Escritor

Desenvolver novos softwares envolve uma série de desafios. Dentro de cada etapa do processo de desenvolvimento e aprovação há dificuldades a serem superadas.

Esses obstáculos podem ser problemas de comunicação na equipe, erros estratégicos no escopo do negócio ou até falta de habilidades exigidas no projeto do time que está tocando o desenvolvimento da nova tecnologia.  

Por mais frustrantes que sejam esses obstáculos, existem maneiras de superá-los sem prejudicar severamente o progresso do projeto e ter de voltar à estaca zero.

Abaixo, compartilhamos alguns dos problemas mais comuns que surgem durante um projeto de desenvolvimento de softwares e como a liderança de TI pode resolvê-los. Confira!

Falta de profissionais no mercado

Desenvolver novos softwares requer a atração de novos profissionais e um correto equilíbrio entre a equipe que seguirá no atual projeto e o time que continuará rodando outros softwares já consagrados da organização.

Já nessa fase inicial, a gestão de TI esbarra em uma das principais barreiras do projeto: encontrar bons profissionais disponíveis no mercado de trabalho. Há muitas vagas e poucos especialistas de tecnologia para preenchê-las. 

Por isso, a competição entre as organizações por esses talentos é acirrada. Em pouco tempo, é possível que a empresa perca boa parte dos profissionais para a concorrência, caso não haja com rapidez para conter essa evasão de talentos.  

Como o processo seletivo, em especial desse tipo de profissional, custa caro e é demorado, é recomendável que as pessoas à frente da gestão do time de Tecnologia da Informação encontrem alternativas como a contratação de empresas especializadas em outsourcing em TI ou o recrutamento de freelances.

Transparência da liderança

Desenvolver novos softwares requer uma equipe colaborativa e ágil. Mas, para que esses profissionais consigam performar, a liderança de TI precisa ser clara e transparente, mantendo sua equipe atualizada sobre o andamento do projeto e isso já começa no kick off dele.

Cada membro deve conhecer a estratégia, objetivo e metas do projeto, bem como o cronograma detalhado dele. Caso contrário, haverá problemas de gerenciamento das tarefas do desenvolvimento do produto.

Um dos principais erros na elaboração de novas tecnologias é manter a equipe à frente da solução no escuro. Às vezes, parte do projeto foi alterado, e as pessoas que programam o produto descobrem só no meio do processo a alteração de rumo.

A liderança dos projetos, portanto, precisa ser transparente e comunicar, do começo ao fim, toda alteração do escopo da solução ao time.

Cronogramas irreais ou mal gerenciados

Ser realista na definição de cronogramas com projetos é fundamental. Um dos problemas mais comuns no gerenciamento de projetos é superestimar o deadline de cada etapa. Às vezes, por uma pressão interna de algumas áreas de negócio para uma entrega imediata do projeto, ocorre esse avanço desnecessário no cronograma.

As pessoas responsáveis pela gestão de talentos de TI precisam aqui lembrar que essa pressão será constante, afinal, a ansiedade é o mal do século XXI, certo? Além do mais, a liderança precisa poupar a equipe de desgastes desnecessários.

Uma das melhores maneiras de evitar atrasos nos cronogramas é fazer um brainstorming no início do projeto e adotar o uso de metodologias. Pergunte claramente à equipe qual seria um deadline realista de cada etapa. Nesta fase inicial, questione ainda seu time sobre possíveis atrasos e falhas que possam ser monitoradas durante o roadmap do projeto. 

Além disso, use a metodologia ágil no projeto. Ao transformar tarefas em atividades para cada membro da equipe — e todos podem acompanhar as entregas do time — a metodologia ágil ajuda a monitorar e manter o cronograma em dia. 

Falta de comunicação entre os membros da equipe

A comunicação com a equipe de desenvolvimento, o cliente e outros membros do time é essencial para o desenvolvimento de software.

Comunicação clara e feedback oportuno são importantes para determinar se o projeto está no caminho certo, se os recursos necessários estão sendo executados no prazo e se outras funcionalidades devem ser descartadas ou adicionadas à medida que o programa toma forma.

Não por acaso a metodologia Agile é usada por 80% das empresas de desenvolvimento de software hoje. O uso desta metodologia oferece uma excelente oportunidade para comunicação eficaz diariamente, incluindo a prática do scrum (conjunto de ideias) e revisões regulares de sprint (etapas do projeto).

Por isso é recomendado que a liderança use a metodologia ágil nesse tipo de missão. Os projetos com esse tipo de diretriz têm uma taxa de sucesso de 64%, enquanto os projetos com outros tipos de metodologia têm uma taxa de sucesso de apenas 49%.

Não identificar o verdadeiro “porquê”

O problema mais comum é desenvolver novos softwares de forma errada. Muitos usuários acabam culpando as pessoas que programaram o produto pelos erros ou pela falta de conexão com o que eles, de fato, precisam. Todavia, o problema está já no início do projeto. As áreas de negócio não souberam traduzir as estatísticas em um produto.

As empresas precisam entender não apenas o que um cliente está pedindo, mas “por que” ele está pedindo isso especificamente. Seu novo software pode ser legal, mas se não atender as necessidades do público-alvo, ele vai morrer.

Não acompanhar as tendências digitais

O advento de qualquer nova tecnologia é bom para o setor de TI. Ele traz avanços às soluções, possíveis novas funcionalidades ao usuário e atrai novos talentos, fascinados por inovações. 

Por outro lado, uma vez que o progresso tecnológico está se acelerando, os profissionais de desenvolvimento de software, que estão hoje no mercado de trabalho, precisam explorar as tendências tecnológicas emergentes, afinal, um dos principais erros em projetos é não olhar para o avanço dessas tecnologias. Por exemplo, a linguagem Python não era a top one há alguns anos e possivelmente ela não será a mais comum daqui uma década ou menos. 

Para que sua equipe acompanhe o avanço da tecnologia, peça uma verba extra à organização para treiná-los. Começa já a introduzir seu time em tecnologias emergentes tais como o machine learning e o blockchain. Isso fará a diferença em entregas futuras!

Esse pequeno guia de como liderar times de desenvolvimento de software te ajudou? Quer saber mais sobre tendências de TI? Então, leia nosso post sobre os motivos que fazem a cultura da inovação ser importante para as empresas.

Compartilhe esse artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Os melhores artigos de Tecnologia e RH

Assine e receba nosso conteúdo semanal em sua caixa de entrada.