Menu Fechar

Compartilhe via:

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

O que é Design Thinking?

3 min de leitura
analista
Escritor

O Design Thinking é uma forma de abordagem do pensamento crítico. Com essa
ferramenta, você pode gerar e organizar ideias e projetos, além de auxiliar na solução de
problemas enfrentados pela empresa.

Ele não traz uma fórmula mágica e específica para sua implantação, entretanto, cria
condições necessárias para que a geração de insights e a aplicação prática deles sejam
as mais positivas possíveis. O objetivo é que os processos da empresa sejam realizados
de forma colaborativa e criativa entre o time, visando vários pontos de vista diferentes.

Também é bastante usado para elaborar produtos e serviços novos. Com a colaboração
de profissionais de diferentes áreas, é possível analisar as melhores estratégias e agregar
valor ao produto/serviço, aumentando consideravelmente as chances de sucesso.

Vale ressaltar que cada caso é um caso e você precisa analisar qual faz mais sentido para
o segmento que sua empresa atua, podendo conduzir o Design Thinking de várias formas.
Com isso, há etapas que podem ser consideradas e seguidas em cada caso específico.
Vamos conhecê-las mais a fundo?

Etapas do Design Thinking:

Aqui, contamos com 4 etapas fundamentais para um bom uso da área na resolução do
problema que seu negócio enfrenta.

– Imersão: a imersão é importante para entender a fundo tudo que vem envolvendo e
afetando sua empresa naquele momento. Sugere-se a realização de uma análise SWOT,
mapeando possíveis ameaças, oportunidades, fraquezas e fortalezas do seu negócio,
analisando não só o ponto de vista interno, mas o externo também. Colete feedbacks de
clientes, observe o desempenho de seus colaboradores e tenha em mente a política
organizacional da companhia. A partir disso, você terá um conhecimento mais completo e
aprofundado, podendo criar soluções efetivas e positivas.

– Ideação: após o processo de imersão, você já terá mais claro os pontos que precisam de
atenção e os pontos que estão sendo efetivos. Em seguida, entramos na etapa de ideação,
que como o nome já sugere, é a hora de produzir e realizar ideias relevantes visando as melhorias necessárias. Nesta etapa, utilize técnicas de big data com os insights obtidos,
aumentando as chances de eficiência do processo. Depois, reúna todo o time envolvido e
busquem trabalhar com técnicas, como o brainstorming, que incentiva e valoriza o
compartilhamento de ideias diversas.

– Prototipação: depois de reunir várias ideias diferentes, está na hora de filtrar todas elas
e analisar quais você e seu time consideram as que trarão melhores resultados. Para
reduzir o risco de falhas, é sugerido a criação de lançamentos piloto ou protótipos do que
foi idealizado antes de partir para a ação. Assim, você decide se a ideia está pronta para
ser executada e divulgada, ou se ainda é necessária a realização de ajustes.

– Desenvolvimento: aqui é a hora onde tira-se tudo do papel e segue para a execução,
envolvendo as áreas de comunicação e publicidade da empresa. A missão é vender a
solução ao público, de modo que ela seja bem-vista e tenha um bom nível de aceitação.
Apesar de parecer a etapa final, o processo não acaba aqui. É importante manter a
constância no monitoramento, visando identificar pontos de melhorias e analisar o sucesso
e retorno da operação.

Como aplicar na sua empresa?

O primeiro passo (e talvez mais importante) é garantir que seu negócio possua uma cultura
onde há espaço para este tipo de Design. É necessário que os colaboradores se sintam
confortáveis no ambiente em que trabalham, afinal, condições ruins e precárias podem
resultar em desmotivação e insegurança, tornando a tarefa de apresentar ideias legais e
relevantes, mais complicada.

Além disso, você precisa adotar uma estratégia voltada para a coleta e análise de dados,
evitando que a resolução de problemas e o lançamento de novos produtos/serviços sejam
baseadas apenas em achismos (dados e estatísticas geralmente são muito eficazes
nestes casos).

O Design Thinking vem se tornando pauta em grandes empresas, e ganhando seu espaço
cada vez mais. Você tem interesse em temas voltados a evolução das tecnologias
adotadas pelos negócios? Então, acompanhe nossas redes sociais para ficar por dentro
de todos os conteúdos sobre inovação e tecnologia!

Compartilhe esse artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Os melhores artigos de Tecnologia e RH

Assine e receba nosso conteúdo semanal em sua caixa de entrada.